Home Pessoal Profissional e-Mail
Português English
Marcos Eduardo Mathias
Porque o mundo é nosso!
Minhas aventuras de moto 1
2008-02 Corupá
2007-11 Campinas 3
2007-06 Pomerode 4
Voltar 5
Minhas aventuras de moto

16/Fev/2008 - Joinville -> Corupá

Corupá é uma pequena cidade com aproximadamente 13 mil habitante no norte de Santa Catarina.

O local é conhecido pela quantidade e beleza de suas quedas d'água, acredito que seja 14 (quatorze).

E é também conhecido pelo Seminário que abriga um museu taxidérmico (com animais empalhados). Site oficial de Corupá

Os motociclistas

Esta viagem foi marcada pela quantidade de motociclistas que conseguimos reunir. Nem todos partiram de Curitiba como eu, mas isso vou contar mais a frente.

Aqui está a foto do grupo, com excessão da acompanhante do Roberto, a Drika, da acompanhante do Marcelino, a Marilene, o Jorge e o Cesar.


No foto da esquerda pra direita, em pé, estão os motociclistas (seguido pelo modelo de suas motos e sua cidade de origem):
  • Roberto - Fazer - Joinville/SC;
  • Marcos (eu) - Shadow 600 - Curitiba/PR;
  • Renato "Phantom" - Falcon - Içara/SC;
  • Antônio - Falcon - Jaraguá do Sul/SC;
  • Maurício "Maumau" - Falcon - Joinville/SC;
  • Diego - Twister - Joinville/SC;
  • Shimene, a irmã do Martin, que estava na garupa do Paulo - Blumenau/SC;
  • Romario - Twister - Joinville/SC;
  • Rubem - ZX-10 - Laguna/SC;
  • Paulo - Fazer - Blumenau/SC;
  • João - Fazer - Blumenau/SC;
  • Evandro - Tornado - Blumenau/SC;
  • Abaixados da esquerda pra direita estão:
  • Hermes - Falcon - Florianópolis/SC;
  • Clarissa, a acomanhante do Hermes - Florianópolis/SC;
  • Marcelino - Falcon - Antonina/PR;
  • Elton - XT600 - Joinville/SC;
  • Eliane, a companhante do Elton - Joinville/SC;
  • Magui, a acompanhante do Martin - Blumenau/SC;
  • Martin - Twister - Blumenau/SC;
  • Rubens - XL - Belchior/SC;
  • Faltaram na foto:


  • Drika, acompanhate do Roberto - Joinville/SC;

  • Pois era nossa fotógrafa.


  • Marilene, que na foto está com Marcelino na entrada de Joinville, casal de Antonina/PR.



  • Da esquerda pra direita:
  • Jorge - Falcon - Criciuma/SC;
  • Hermes que estava na primeira foto;
  • Cesar - Shadow 600 - Laguna/SC;
  • Rubem que também estava na primeira foto também.
  • Jorge e Cesar não estavam na primeira foto pois estavam preocupados com a chuva que ameaçava vir nesse momento! haha

    O passeio

    Esse é caminho percorri, no mapa abaixo encontra-se todas as paradas.


    Exibir mapa ampliado

    Saí de Curitiba (Ponto A) as 7h20min da manhã, havia marcado de encontrar com o casal Marcelino e Marilene, que subiram de Antonina/PR para irmos juntos de Curitiba até Joinville/SC. O nosso objetivo era sair de Curitiba/PR as 8h00min da manha para chegarmos as 10h00min em Joinville/SC (Ponto B) para um primeiro encontro com o grupo antes de partimos para nossa jornada marcada para às 14hs.

    Cumprimos o objetivo, a viagem até Joinville/SC foi muito tranquila, acabamos chegando antes do esperado, às 9h20min. Para matar tempo até o horário marcado servi de guia para eles em Joinville/SC, passeamos um pouco pelo centro da cidade, visitamos a Rua das Palmeiras para tiramos algumas fotos e fomos até a casa de meus pais para tomarmos um café.


    Marcelino e eu na entrada de Joinville/SC.

    Às 10hs fomos ao local combinado, na entrada da cidade, para encontrarmos o pessoal, tanto de Joinville/SC como o pessoal que vinha de fora.

    Ao chegarmos ao local, o Elton já estava nos esperando, logo em seguida chegou o Maurício, idealizador deste passeio (o mesmo Maurício da viagem à Pomerode/SC ano passado).

    O calor em Joinville/SC estava de matar, fomos então para um lugar com sombra, e onde poderiamos tomar umas... coca-colas, pois estavamos todos pilotando.


    Maurício e eu no bar.

    Aos poucos o pessoal foi chegando, primeiro o pessoal vindo mais do sul de Santa Catarina, Florianópolis, Lages, Laguna, Criciúma, Iraça, em seguida chegou o pessoal da região próximo, de Blumenau e Jaraguá do Sul.


    O pessoal chegando no bar.

    Após esse primeiro encontro nos disperçamos, um grupo foi almoçar, outro foi ver hospedagem e conhecer a cidade, e eu fui pra casa tomar um banho, abastercer a moto e me preparar.

    Às 14hs voltamos para o local de saída, mas um dos grupos não apareceu, uma das motos deu problema com a bomba de combustível, todos ficamos preocupados e sentimos que um dos nossos companheiros iria perder o passeio, mas conseguiram arrumar e ele pode nos acompanhar, bem, mais ou menos, até ele resolver fugir da chuva que estava por vir, mas isso vou falar mais pra frente. haha


    Maurício no local de saída.

    Saímos por volta das 15h30min, um pouco atrazados, mas todos juntos. A saída foi meio tumultuada, não haviamos planejado como nos comportar na estrada, alguns dos nossos companheiros quase foram atropelados por um caminhão.


    Nós na BR-101.

    Pegamos a BR-101 em direção ao norte, até o trevo com a Serra Dona Francisca.

    O começo de nossa jornada até o pé da serra foi muito gostoso, era a primeira vez que viajava num grupo desse porte.


    Olha o grupo ali, eu na moto à direita da foto.


    Outra antes da serra. Eu denovo na moto à direita da foto.

    Um de nossos companheiros fez alguns videos, que eu adicionei uma trilha sonora e fiz uma ediçãozinha que resume nossa viagem:


    http://www.youtube.com/watch?v=aiM1L8tmrCk

    Quando começou a serra, parecia que estavamos indo em direção ao céu, não paravamos mais de subir.


    Nós subindo a serra.

    Fizemos nossa primeira parada num ponto da serra onde havia uma queda d'água, aproveitamos então para tirarmos nossas primeiras fotos:


    A prova de que estivemos lá.


    Nossas meninas, lado a lado no acostamento próximo a cachoeira.


    A cascata


    A galera posando para a foto no "observatório" da cascata.

    Após todos esticarem as pernas continuamos nossa "carreata" rumo ao topo, nossa próxima parada seria quase no alto da serra. Lá havia um mirante, onde poderiamos observar as curvas que percorremos.


    O monumento construído junto ao mirante. Olhá-lo na foto nos dá até vertigem.

    Essas três fotos era parte da vista que tinhamos do mirante:


    Vista 1 do Mirante.


    Vista 2 do Mirante.


    "Um local divinamente desenhado para ser navegado sob duas rodas".

    Quando resolvemos voltar a estrada, algumas gotas de água começaram a cair do céu o que indicava o início de uma chuva que viria, viamos os veículos que descia a serra molhados, isso nos dizia que a chuva estava ali em cima, dos 18 motociclistas, três, cujas as motos eram feitas de açucar, resolveram descer a serra, de volta a Joinville, os outros 15, e todas as acompanhantes resolveram seguir.

    Um grande abraço aos bravos motociclitas e suas motocicletas feitas de açucar, por nos acompanhar até aqui, vocês sabes que ficamos muito felizes em saber que vocês conseguiram fugir da chuva, mas que na volta pra casa, o céu caiu sobre suas cabeças e as motos de vocês não derreteram! Brincadeiras a parte, agora estamos devendo uma visita à eles, lá no sul de Santa Catarina!

    Abraços Jorge, Rubem e Cesar, por terem pilotado 5 horas, desde o sul de Santa Catarina para nos dar o prazer da preseça de vocês, mesmo que por por pouco quilometros!

    Sem eles nós continuamos, na esperança de encontrar a luz no fim dessa chuva, sim, pegamos chuva, e sim também, foi bastante, mas pelo calor que estava fazendo, valeu a pena, havia luz no fim da chuva, antes mesmo de chegarmos em São Bento do Sul/SC (Ponto C do mapa).


    Nossa fila após a chuva.

    Após percorremos por volta de 80km chegamos a São Bento do Sul/SC, cidade que fica no alto da Serra Dona Francisca, como quase tudo em Santa Catarina, cidade de colonização alemã, conhecida por ser um pólo da industria de móveis no estado. Fizemos uma breve parada em São Bento do Sul/SC, alguns de nós reabastecemos, trocamos as roupas de chuva, esticamos as pernas e seguimos para Corupá/SC (Ponto D do mapa).


    Nas ruas de São Bento do Sul/SC pegando a saída para Corupá/SC.

    A estrada entre São Bento do Sul/SC e Corupá/SC teve altos e baixos, momentos onde a estrada era ótima, e momentos onde a estada estava feia e mal cuidada, como podemos observar nas fotos a seguir:


    Momentos bons.


    Momentos ruins.

    Em Corupá/SC fomos muito bem recebidos pelo Beto, que serviu de guia turístico, nos levando para conhecer o famoso Seminário de Corupá/SC.

    Aqui segue algumas fotos do Seminário:


    O Seminário.


    Nossas meninas na frente do Seminário.


    No estaciomanto.

    Após visitarmos o Seminário, fomos escoltado pelo Beto até a saída da cidade (obrigado Beto pela recepção!), e então seguimos rumo a Jaraguá do Sul/SC (Ponto E do mapa), nossa intenção era visitar os Lobos Velozes Moto Clube de Jaraguá do Sul, mas fomos pegos pela chuva, muitos de nós estavamos cansados e precisando de um banho:


    Nós no ponto de ônibus em Jaraguá do Sul/SC se escondendo da chuva.


    área dos fumantes.

    A volta pra Joinville/SC foi tranquila, com chuva, mas tranquila, chegamos por volta das 20hs, percorremos um total de aproximadamente 210km, desconsiderando o caminho de Curitiba à Joinville que percorri acompanhado apenas do Marcelino e sua esposa.

    Após o retorno um de nossos companheiros teve o azar de quebrar a moto quando estava no portão de casa, bem, acho que a moto estava mesmo é afim de descançar um pouco, depois de ter servido com tanta lealdade!

    O nosso plano inicial era churrasco em Joinville, mas os meninos da moto de açucar, àqueles mesmos que voltaram para traz no meio do passeio por causa da chuva, não queriam ir até a churrascaria de moto, então terminou em pizza nosso churrasco:


    Nosso "churrasco".

    Só para constar, uma homenagem a essas corajosas guerreiras que acompanharam seus maridos, namorados, amigos, irmãos, nessa nossa chuvosa jornada. Parabéns a todos vocês e a todos nós!


    As meninas.

    Foi um prazer pilotar ao lado de todos vocês, obrigado a todos pelas fotos, pelos vídeos, espero em breve estar na estrada com vocês denovo!

    Abraços!
    Marcos Mathias

    Access denied for user 'memathias'@'187.45.195.189' (using password: YES)Access denied for user 'memathias'@'187.45.195.189' (using password: YES)
    Comentários (0)